IMPRENSA | Articulações Políticas |

Conselho Deliberativo conhece projeto do novo Aeroporto da Capital

Utilização da Ponte Hercílio Luz também foi destaque na reunião

A reunião do Conselho Deliberativo da CDL de Florianópolis recebeu na noite desta terça-feira (10), na sede da entidade, a presença de três representantes da Floripa Airport para apresentar os detalhes do novo projeto do Aeroporto Internacional de Florianópolis. O encontro contou também com a participação dos representantes do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) para explicar o projeto Ponte Viva – Hercílio Luz.

Na abertura da reunião, o presidente Lidomar Bison concedeu um minuto de silêncio em razão do falecimento do Sr. Emílio da Silva Júnior, presidente da CDL de Florianópolis - gestão 1968.

Simon Locher, gerente de Relações Institucionais, apresentou o projeto do novo terminal do aeroporto da Capital, que tem previsão para ser entregue em outubro de 2019 e será quatro vezes maior do que o atual. A Zurich Airports, concessionária que vai administrar a estrutura por 30 anos, venceu o leilão de concessão realizado em março deste ano.

Michel Mittmann, diretor do IPUF, explanou o Projeto Ponte Viva – Hercílio Luz para as pessoas, com conceitos e estudos que o órgão vem desenvolvendo ao longo do ano para a ponte e sua integração com a cidade. O projeto prevê uma série de ações no entorno da Ponte e uma ampla discussão nos próximos meses com diferentes públicos para a definição final do que vai ser realizado.

Ao final do encontro, o conselheiro Rodrigo Marques convidou os empresários para prestigiarem a audiência pública sobre a população em situação de rua: direitos e violações, no próximo dia 16 de outubro (segunda-feira), às 18h30, no plenarinho Deputado Paulo Stuart Wright, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Posicionamento da CDL


Para Bison, os dois temas tratados neste encontro vão ao encontro dos propósitos da entidade. “É de extrema importância que as obras de acesso para o novo terminal sejam concluídas antes do aeroporto (2019), ou o trânsito ficará inviável naquela região”, diz o presidente.

O futuro da Ponte Hercílio Luz também tem apoio irrestrito da entidade. “A qualificação urbana gera prosperidade e modernidade para o comércio. A cidade precisa inovar com conceitos de cultura, cidadania, lazer, além de promover a humanização nos espaços públicos”, conta Lidomar Bison.



Clique aqui para abrir a galeria

Voltar